A escolha do projeto, como e por onde começar.

A escolha do modelo de projeto nem sempre é tarefa fácil. Depois de meses de pesquisa e estudo, conversa com projetistas e meditando para entender as reais necessidades, conseguimos escolher o projeto.

A escolha foi pelo projeto SZTRANDEK 495 DR, barco Polonês feito por Wojtek Kasprzak.

Capacidade financeira, tempo disponibilidade mas principalmente, o que você vai querer fazer com o barco? Como vai movimentá-lo? E as manutenções? Capacidade de carga e capacidade de forças?

Decidir o projeto não foi tarefa fácil. Foram meses de dedicação a buscar projetos interessantes que contemplavam todas as nossas necessidades. Um barco pra duas pessoas, que pudesse ser bravo suficiente pra enfrentar as ondas, que dessa pra nos levar pela costa litorânea do Sul da Bahia com segurança e permitisse um pernoite relativamente confortável, com banheiro e cozinha no cockpit.

Encantado com o ECO 6.6 de Ben Kohler, danei a trocar emails com o projetista, mas infelizmente o mesmo não liberou gratuitamente o projeto, e o preço negociado também não atendeu minhas expectativas, o valor daria pra comprar alguns compensados e resinas. Infelizmente o fluxo de caixa é sim um problema em minha realidade. Faço um adendo que o preço dos Eco em comparação a muitos veleiros é super em conta, o que torna ele mais atrativo.

Depois desse choque de realidade e ajustes, fui para o clássico Cabinho, Robert Yach, troquei emails, chorei, negociei, não, não dava, o projeto continuava reprensetando uma quantia considerável para minhas projeções de gasto na construção. Tentei o Pop 20, apesar do sonho ser um Pop 25, projeto robusto para uma embarcação tão confortável e segura. Tentador. Mas, um dia quem sabe.

Após muita pesquisa, consegui encontrar os projetos Pilgrim 590 e Kavlaier 800 barcos Russos, se não me engano,  que disponibilizavam as plantas de graça. o problema era: Tudo em Russo. Depois de ler mais e estudar as plantas, vi que eram muito compensados na construção do projeto e achei um exagero, procurei algo mais simples e lá pelas bandas da Polônia achamos ele.

SZTRANDEK. Uma família incrível, que teve, coincidentemente seu primeiro modelo feito no Brasil pelas bandas de Santa Catarina, se não estiver equivocado, o veleiro chamava VENTURA. Esse modelo estimulou o Kasprzak a desenvolver o projeto de 4 metros que foi feito em Minessota. Me impressionou o tamanho do barco e o seu espaço interno e sua construção em longarinas extremamente robusta.

Queriamos o 6.5, claro! Mais confortável, não tão grande quanto o 7.0 e iria sair quase barato…mas depois de melhor pensar…que tal começar pequeno, e depois expandir os sonhos bodioneses?

Vem então SZTRANDEK 495 DR, um barco que nunca fora construído no mundo, que fora redesenhado pelo projetista para atender a um cruzeiro de longa duração, com deslocamento de 1450 KG e 200 litros de água, cabinado, banheiro, cozinha, armários…Tudo isso em 5 metros…. e o plano?!  0800 . Grátis . Free. E muito bem detalhado, muito caprichado.

A escolha é uma renúncia, mas tenho certeza que essa embarcação nos será muito útil e feliz pelas águas da Bahia e do mundo. Nasce um SZTRANDEK DR e nasce o Bodião.

Vela e fetichismo I

August 24, 2020|0 Comments

Vela e fetichismos I Já observou que vela e propagandas náuticas estão sempre vinculadas a grande embarcações? Ou super lanchas, ou super catamarans. Quando não, objetificando mulheres com suas nádegas expostas, [...]

Idade e construção

August 23, 2020|0 Comments

Trabalho árduo, calos, cortes, talhos, mesmo com cuidado, trabalho bruto... Tem idade certa pra construir? Não sei, uma coisa é certa, eu tenho 33 anos, (2020) e sem modéstia, [...]

Mãos à obra

August 6, 2020|0 Comments

Construção do gabarito e quase começo Depois de escolher, estudar, digitalizar é hora de riscar os primeiros traços das cavernas, ou costelas, do barco. Já impresso e no [...]

Estudos e planos/plantas

August 6, 2020|0 Comments

A tradução do plano, a missão Depois de estudar e decidir o modelo, resta estudar, interpretar e quando se escolhe um barco da Polônia...traduzir! Aqui as linhas teóricas [...]

A escolha

August 5, 2020|0 Comments

A escolha do projeto, como e por onde começar. A escolha do modelo de projeto nem sempre é tarefa fácil. Depois de meses de pesquisa e estudo, conversa com projetistas e meditando [...]